Ano Novo: Nova Atitude?

As luzes e a música invadem as ruas das cidades, vilas, aldeias... a magia está no ar sob o olhar atento das estrelas que parecem mais vivas e mais próximas de nós e, quando se respira fundo o frio das manhãs, parece que estranhamente recarregamos as forças e a energia anunciando a sua chegada... o Ano Novo.

Insuflam-se as esperanças e atenuam-se os sofrimentos que parecem diminuir de complexidade e tamanho, porque está aí o Ano Novo.

E o Ano Novo chega como um menino especial e renasce em cada abraço que partilhamos, cada sorriso e cada voto que renovamos, cada lágrima que por vezes teima em sair, mas sempre com os olhos postos no Novo, no Recomeço.

Contam-se as bênçãos que parecem ficar mais visíveis e tocar-nos de forma especial.

E é a contar as bênçãos que vamos dando conta do que é realmente importante valorizar e renovar no nosso percurso: ser quem somos e sermos urgentemente mais honestos, transparentes e conscientes de nós mesmos e de como e quanto podemos com coisas simples transformar e dar de nós.

É por vezes um momento de balanço, de revisão, de perdão e gratidão e é também tudo à mistura, numa emoção quase explosiva, que invade o desejo de um novo começo e de uma nova Atitude perante a vida – deixar os ‘maus hábitos’ e iniciar os ‘bons’. A lista pode ser mais ou menos extensa, mas realiza-se com a perspetiva que é desta vez... que muda.

Mas é realmente assim: temos atitudes novas? O que muda?

Se quisermos, sim. Mudando a consciência e tornando claro que cada circunstância, acontecimento e facto da nossa vida nos traz e nos oferece - mesmo nos momentos muito complexos, intensos ou difíceis de transpor emocional ou fisicamente – um pequeno degrau que devemos agradecer por ter sido uma escada para o nosso crescimento e nos poder dar pistas para o que ainda falta fazer – para novos momentos e uma nova atitude.

Tomar consciência de cada momento é tornarmo-nos mais fortes e mais sábios e também mais tolerantes, compassivos, solidários e mais flexíveis.

O Ano Novo quase se transforma ‘fisicamente’ numa espécie de portal mágico onde é permitido, ainda que por instantes, abrir e fechar um canal, uma passagem, para o nosso mundo interior.

É essencialmente com o olhar posto em nós que poderemos mudar cá dentro e fazer a diferença e iniciar uma nova postura e atitude.

Tentemos fazer de cada dia um ‘Ano Novo’, onde possamos estar presentes verdadeiramente de corpo e alma, e usufruir do momento exato de que dispomos, seja ele qual for, com todas as suas positividades e negatividades.

Cada pessoa, cada acontecimento, é um renovar de energia e de conquistas – de novas atitudes.

Mesmo que sejam dolorosos e pareçam sem sentido, fazem parte de um percurso que nos é único, individual e fundamental para que possamos estar despertos e olhar para dentro de nós.

Que se tenham sempre as estrelas, a música e as luzes que nos invadem nas ruas, dentro de nós, que nos sirvam de farol e nos conduzam a ‘bom porto’.

Lista de desejos: transformar todos os objetivos em bênçãos.

Um Ano Novo fantástico.

Recent Posts
Featured Posts
Follow Us
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2007 VOADES - Vozes Amigas de Esperança Portugal

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus
  • Blogger Limpa