Aumentam espectacularmente as chamadas para o Telefone da Esperança Porto (TEP)

Temos todo o gosto em informa-los nestas paginas do grande aumente do numero de chamadas feitas para o TEP. Por um lado, isto dos desagrada, pois desejamos que as pessoas não tenham problemas e, portanto, não haja necessidade de nos chamar. Por outro, também tem um significado positivo; que a nossa Associação, apesar de jovem, é cada vez mais conhecida em todo o País. Também é fruto de um esforço que estamos fazendo, para sermos mais eficazes na nossa ajuda. O Aumento do horário de atendimento, que passou a ser das 16h00 às 22h00, está a ser um grande desafio para a nossa associação e para os nossos voluntários, que esperamos aumentar e melhorar este ano. Vamos mostrar um pouco das estáticas para que possam entender melhor e mais concretamente do que estamos a falar. i) Passamos de 464 chamadas durante o ano de 2014, ano em que chamadas tínhamos tido




até então para 923 em 2015. Um aumento espetacular de 489, ou seja, uma subida de 51% chamadas, de um ano para o outro. Repartindo mensalmente, temos uma média de 76 chamadas mensais em 2016, contra apenas 38 em 2014. Ou numa base diária temos 2.5 chamadas em 2015, contra 1.2 chamadas por dia em 2014. Este crescimento está-se a confirmar nos primeiros meses deste ano de 2016, com um crescimento do numero de chamadas ainda mais espetacular. Só no mês de Janeiro recebemos 300 chamadas, as mesmas que recebemos nos 6 primeiros meses de 2014. Podemos constatar que o aumento das chamadas se iniciou em Setembro de 2015, altura em que alargamos o nosso horário de atendimento.


ii) O perfil típico das pessoas que chama ao TEP é o seguinte: mulher de meia idade, que vive sozinha (viúva ou divorciada). Neste aspecto coincide com o género masculino.




iii) A zona geografia de maior procedência das chamadas é naturalmente do Porto, mas um grande, e cada vez maior, numero é de todo o País. O que demonstra que cada vez somos mais conhecidos e uma referencia nacional, na área de linha de apoio emocional.


iv) Em relação às problemáticas mais abordadas,

estão as derivadas da situação de solidão, problemas do foro psiquiátrico, a nível familiar, comunicação e relação em geral, bem como as do tipo social derivadas da situação de crise económica em que vivemos. Também é notório o aumento de chamadas para obter mais informação sobre a nossa associação, o que denota o crescente aumento do interesse da população em geral acerca dos nossos serviços. Ficamos cheios de orgulho especialmente pelo elevado grau de satisfação manifestado pelas pessoas que nos contactam. Estes dados, são o principal estimulo que recebemos para continuar a prestar os nossos serviços e nossa ajuda a todas as pessoas que sofre de qualquer região de Portugal. A sua satisfação e o seu agradecimento no final, faz-nos sentir enormemente agradecidos.


Para continuarmos a melhorar o nosso serviço e aumentando as nossas actividades, necessitamos de mais e novos voluntários. Aqui no TEP somo todos Voluntários. Sem eles, nada poderia funcionar. Todas as pessoas que possam estar interessadas, podem-nos contactar para o 222 030 707, 7 dia por semana, entre as 16h00 e as 22h00, ou através do nosso email porto@telefonedaesperanca.pt. Juntos poderemos ajudar mais e melhor.

Recent Posts
Featured Posts
Follow Us
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2007 VOADES - Vozes Amigas de Esperança Portugal

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus
  • Blogger Limpa