Em destaque
Arquivo
Procurar por Etiquetas

Escola de Saúde Emocional: "Quem manda? EU ou EU"

Uma das tarefas mais importantes com as quais, ao longo da vida nos preocupamos, é a resposta à pergunta "Quem sou Eu?". Porém, não basta saber quem és. É necessário iniciar um processo de descoberta da tua verdadeira identidade e mergulhar no teu auto-conhecimento, trata-se de uma tarefa lenta e trabalhosa. Vivemos em tenção permanente entre o Eu Real e o Eu Ideal, entre o quem somos e o que gostaríamos de ser. Estes dois estados do EU são ambivalentes e, por vezes, entram em conflito. O EU real é aquilo que somos, não podemos mudar. O que se pode traduzir em momentos de satisfação, sobretudo, quando os demais nos querem, nos procuram e nos apreciam por aquilo que somos e/ou temos mas, tam

"Assertividade e Comunicação Positiva".

Nos próximos dias 15,16 e 17 de Novembro, iremos realizar o curso de "Assertividade e Comunicação Positiva". A Comunicação é a base do relacionamento com o outro , é através do processo de comunicação que satisfazemos as necessidades afetivas e de valorização pessoal. Sem comunicação não há relação, viveríamos numa autêntica guerra individual para nos fazermos entender. Por vezes, os nossos comportamentos tendem a limitar e a entorpecer a comunicação. Comportamentos tímidos/introvertidos ou comportamentos agressivos mesmo que,manifestados ao nível inconsciente, podem ser modificados ou corrigidos. Este é, precisamente, o objectivo desde curso. Ser assertivo é, não só, saber ser dono de si m

"O silêncio que cura"

No passado dia 25 de outubro, sexta-feira, Abel Magalhães falou sobre "O silêncio que cura" na Escola de Saúde Emocional. Foi uma conversa em forma de tertúlia. O que entendemos por silêncio, como é que podemos encontrar a tão desejada paz e sossego e em que medida é que o silêncio responde ás nossas dúvidas e inquietudes pessoais, foram alguns dos temas abordados. O Silêncio é uma atitude que nos coloca numa situação de expectadores privilegiados face á nossa existência. Isto é, ajuda-nos a viver a vida de maneira mais consciente, ponderada e madura. A plateia ouviu atentamente, refletiu e questionou o tempo todo e de forma entusiasta. Foi uma noite agradável que terminou, como é tradição,

© 2020 VOADES - Vozes Amigas de Esperança Portugal

  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus
  • Blogger Limpa